‘Se o melhor do mundo não está na sua equipe, é claro que sente-se fal

23 15UTC am12201800312018 15UTC 2018

O Real Madrid não faz uma temporada das melhores e a torcida merengue e a imprensa espanhola já cravaram: o time está sentindo a falta de Cristiano Ronaldo, que se transferiu para a Juventus. Bom, o lateral-esquerdo Marcelo concorda com essa análise.

“É um jogador que, além de ter sido meu companheiro, se tornou meu amigo. Também do Sergio Ramos, do Luka Modric. Está claro que se o melhor do mundo não está na sua equipe, vai sentir falta. Mas isso não quer dizer que não tenhamos os melhores jogadores do mundo em cada posição. Qualquer equipe quer o Cristiano, mas o Real Madrid segue sendo o Real Madrid... independente dos jogadores que entram e que saem”, disse Marcelo, em entrevista à revista “Club del Deportista”

'Já lutei contra homem e ganhei'

23 15UTC am12201800312018 15UTC 2018

Dona de 95 medalhas, conquistadas ao longo de sete anos, a campeã de queda de braço Kelly Cordeiro, de Piedade (SP), coleciona disputas e vitórias, e não se intimida quando o assunto é desafio.

Aos 21 anos, a lutadora conta que nunca sofreu preconceito, mas que gostaria de conseguir sobreviver do esporte, sua paixão desde os 14 anos. Em entrevista ao G1, a jovem disse que a maior influência para se inserir neste universo veio da família, principalmente o pai.

"O preconceito para uma mulher que pratica luta de braço é fora da mesa, fora desse meio, por ser um esporte muito masculinizado. Já lutei contra homem. Às vezes se for um cara do mesmo porte físico, do mesmo peso eu já cheguei a ganhar. Lutei e luto, tranquilo."

Ricardo, João e um Sonho Doce

23 10UTC am12201800312018 10UTC 2018

O governador Ricardo Coutinho (PSB) e o governador eleito João Azevedo (PSB) jantaram, ontem, com a base aliada.

Deputados, presidentes de partidos, assessores e lideranças se confraternizaram em clima de fim de ano.

O evento foi no Sonho Doce e mostra que a fase política mais ‘azeda’ de Ricardo ficou para atrás.

O homem está mais “açucarado”, digamos assim.

Bolsonaro não precisa de oposição; aliados já fazem esse trabalho

23 10UTC am12201800312018 10UTC 2018

Nem começou o governo e o presidente eleito Jair Bolsonaro já tem problema demais para resolver dentro de sua “caserna”.

Religiosamente, soldados do seu exército estão às voltas com problemas internos. Ora, ocupados com o fogo amigo, ora alvejados por denúncias.

O PSL – partido de Bolsonaro – não se entende. Até “barraco” no grupo de wathsapp entre a bancada já rolou.

Há uma guerra autofágica, combinada com amadorismo e euforia de quem não sabe lidar direito com o poder ainda nem oficializado.

Os filhos do capitão são um caso à parte.

Cada vez que abrem a boca criam um embaraço diferente. Nos Estados Unidos, “representando o pai”, o deputado Eduardo disse mais do que devia.

Carlos Bolsonaro, vereador do Rio, não contém o ímpeto de suas tuitadas e bombardeia preferencialmente aliados, quando não insufla teorias da conspiração.

Flávio, o senador eleito pelo Rio, vai gastar tempo agora explicando a movimentação financeira atípica de seu ex-assessor parlamentar, com depósitos na conta da futura primeira-dama.

Onyx Lorenzoni, iminente ministro da Casa Civil, não tem pavio para suportar uma pergunta de um jornalista sobre um fato público de intensa repercussão e se retira abruptamente da presença da imprensa.

Magno Malta, o “vice dos sonhos”, foi preterido e saiu fazendo beicinho, com direito a solidariedade do pastor Silas Malafaia, espécie de conselheiro espiritual de Bolsonaro.

Aliás, o staff evangélico não fechou questão na indicação de Damares Alves para a Cidadania.

É muito barulho na coxia, antes da cortina se abrir para a estréia.

Se a coisa continuar nessa pisada, os adversários de Bolsonaro correm o risco de não precisar fazer oposição. O próprio governo já se encarrega desse trabalho.

Polícia retira torcedores violentos do River Plate de comemoração na A

23 10UTC am12201800312018 10UTC 2018

A polícia argentina dispersou torcedores do River Plate que comemoravam o título da Copa Libertadores da América na madrugada desta segunda-feira (10), no Obelisco, em Buenos Aires. A ação policial aconteceu depois que alguns dos torcedores começaram a atirar objetos contra os agentes que faziam a segurança no local.

De acordo com informações da agência EFE, 20 pessoas foram detidas por contas das agressões às autoridades. Pelo menos 3 policiais ficaram feridos.

Aplicativos


 Locutor no Ar

Dj. Jefferson

Piloto Automático

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Anunciantes